Projeto de autoria do Deputado Federal MOTTA (PL) SP  que prevê cotas para a produção de carros 0 Km para Pessoas com Deficiência, é aprovado em Comissão Especial da Câmara

Montadoras deverão produzir carros adaptados para PcD, segundo PL
O veículo adaptado deverá ter câmbio automático, direção hidráulica, vidros elétricos e comandos manuais de freio e de embreagem.

Um Projeto de Lei que obriga as montadoras de automóveis a produzir carros adaptados para o uso por pessoa com deficiência a cada cem carros sem adaptação foi aprovado na Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Câmara dos Deputados.

O texto diz que o veículo adaptado deverá ter, no mínimo, câmbio automático, direção hidráulica, vidros elétricos e comandos manuais de freio e de embreagem, além de outras adaptações previstas em legislação específica.

“Essa proposta surgiu durante as observações que fiz durante minhas viagens de trabalho pelo Brasil. Constatei que as pessoas com deficiência física, encontram muitas dificuldades para fazer as alterações e adaptações no veículo, para que ele possa ser apto a ser utilizado por elas. Além de dar uma grande dor de cabeça para o usuário, tem ainda, o alto preço que é pago para as empresas especializadas nesse tipo de serviço”, afirmou Luiz Carlos Motta, em nota divulgada.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.