O que escondem os ministros responsáveis pelas eleições de 2018, onde o Presidente afirma que ganhou no 1° turno?
  • Por que esses ministros se expõem, e tudo fazem, para que não se saiba o que está dentro do Inquérito dos “vazamentos” revelados pelo Presidente em sua 2a. live?
  • Por que o presidente do TSE foi pessoalmente no Congresso, interferindo diretamente para que a PEC do Voto Impresso não fosse aprovada? As eleições do corrente ano já estariam compradas?
  • Por que o ministro, numa operação quase suicida, agride diretamente o Presidente, tentando humilhá-lo numa descabida ordem para depor num inquérito totalmente irregular? Levou um viés que não esperava e, surpreendentemente, encaminha ao PGR uma notícia crime por “desobediência”. O que está em jogo?
  • O inquérito divulgado pelo PR, em sua live, não tinha qualquer grau de sigilo. Foi conseguido pelo Dep Felipe Barros PSL/PR, via ofício, junto ao Delegado encarregado do mesmo. Por que Alexandre insiste que ele sempre foi sigiloso? Por que compactua com a mentira?
  • Como se pode realizar eleições no corrente ano sem que se saiba o que ocorreu em 2018?
  • Perguntas ainda sem respostas:

1- Por que 3 anos depois do ataque hacker no TSE (por 8 meses), ainda não se concluiu o Inquérito?;
2- Por que uma empresa terceirizada, contratada pelo TSE, tinha acesso a todo o sistema utilizado nas eleições?;
3- Por que somente três meses depois que a PF pediu os LOGs ao TSE (verdadeiras digitais da cena do crime), a empresa respondeu que eles haviam sido apagados “sem querer”?;
4- Por que o TSE nunca apresentou o backup dos LOGs?;
5- Por que nenhum servidor do TSE, ou da empresa terceirizada, foi chamado à depor?;
6- Por que nenhuma busca e apreensão foi realizada no TSE ou empresa?;
7- Por que somente após a live do Presidente Bolsonaro o inquérito recebeu classificação sigilosa, em desacordo com a Lei n° 12.527/2011?
8- Por que o TSE não responde às dezenas de questionamentos das Forças Armadas sobre as vulnerabilidades das urnas?;
9- Por que o Supremo deu publicidade à uma reunião do Presidente (22/abril/2021) e agora esconde o teor de um Inquérito que tem a ver com a nossa Democracia, Liberdade e futuro do Brasil?

  • Que TSE é esse que cassa um deputado estadual do Paraná, apenas para dar recado ao Presidente, bem como a quem duvidar da “confiabilidade” das eleições pretéritas e futuras?
  • A verdade está por vir pela determinação de um homem temente a Deus, e que sempre esteve ao lado do povo, da Democracia e da Liberdade.

Texto escritor Anônimo

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.