Médico faz denúncia grave: Enquanto bebês morrem por falta de UTIs no RN, governo Fátima mantém UTI nova fechada

O médico potiguar, Madson Vidal, denunciou, através de suas redes sociais, um “descaso” cometido pelo Governo do Rio Grande do Norte. De acordo com Madson, “enquanto bebês de mães pobres ( recém-nascidos) agonizam e morrem por falta de leitos de UTI neonatal, o estado do Rio Grande do Norte mantém uma UTI nova, estruturada e e equipada fechada no hospital Maria Alice Fernandes há mais de 6 meses”.

Na sua publicação, o médico, em tom de revolta, reclama: “Quantas vidas poderiam ter sido salvas se estivessem funcionando. É inaceitável. Intolerável. Desumano. Descompromisso com a vida humana. Quem são os responsáveis?”.

E ainda complementa com a questão:

“Por que Fátima bezerra e e Sesap mantém essa UTI fechada e os bebês morrem por falta de uti neonatal? Onde está o Ministério Público que permite tamanha atrocidade dos governantes? A Assembleia Legislativa e o Tribunal de Justiça do RN sabiam de tamanho absurdo?”

“Vão da muitas desculpas, mas a sociedade não pode aceitar nenhuma de forma alguma as mortes dos bebês por falta de UTI neonatal e essa UTI neonatal fechada”, concluiu.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.