“Mais um grande esforço da deputada Delegada Graciela” – Franca e Morro Agudo terão 10 leitos UTI Covid, anuncia Deputada

Uma boa notícia foi transmitida pela deputada estadual Delegada Graciela no início da noite desta quarta-feira para Franca e região. A Santa Casa de Franca terá 5 leitos UTI Covid (infantil) enquanto a prefeitura de Morro Agudo chega a 5 leitos UTI Covid (adulto).
A confirmação dos leitos foi transmitida à deputada Graciela pela DRS-8. Foram aprovados no Sistema de Apoio à Implementação de Políticas em Saúde (SAIPS) do Ministério da Saúde as propostas de 5 leitos de UTI pediátrico na Santa de Franca e outros 5 leitos de UTI adulto no hospital de Morro Agudo. A publicação do Ministério da Saúde deverá ser feita nos próximos dias.

Graciela revelou que sua luta vem desde março de 2020 com a destinação de 47 respiradores; pedidos de mais vacinas (inclusive vacinação em massa para os municípios que compõem o COMAM – Consórcio dos Municípios da Alta Mogiana), medicamentos bem como leitos de UTI Covid.

Os leitos abertos na Santa Casa surgiram da necessidade de atender pacientes de perfil infantil e de grávidas que testaram para positivo em Covid. “Trata-se de uma situação grave. Foram mais de 3 casos desta natureza e despertou uma preocupação. E, felizmente, os leitos foram autorizados pelo Ministério da Saúde”, contou.

Em Morro Agudo, o hospital da cidade estava trabalhando com apenas três leitos. E com a necessidade de vagas na área da DRS-8 e a devida regularização (o número mínimo de leitos em um hospital pelo sistema de saúde federal são de cinco leitos), o Ministério da Saúde deferiu a autorização e consequente funcionamento dos leitos.

Desta forma, Franca e Morro Agudo amplia os serviços de atendimento a paciente Covid na região.

16 LEITOS EM FRANCA
Os 16 leitos que o Município de Franca está custeando – com autorização da Câmara – para pacientes Covid deverão ser regularizados e custeados pelo SAIPS nos próximos dias, pois a Santa Casa está se adequando às normas do Plano de Trabalho.

O Sistema de Apoio à Implementação de Políticas em Saúde (SAIPS) tem o objetivo de aperfeiçoar as solicitações de transferências de recursos financeiros ou credenciamento/habilitação de serviços necessários à implantação de políticas em saúde; permitindo transparência, agilidade, organização e monitoramento das solicitações.

A ferramenta foi desenvolvida para facilitar e agilizar os pedidos de recursos – feito por gestores Municipais, Estaduais ou do Distrito Federal – para custeio, implantação, habilitação ou credenciamento de equipes, unidades e serviços em saúde.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.