Guedes rebate sindicalistas em entrevista: “Não quero falar de quem roubou a Petrobras”

Ministro discutiu após ser interrompido durante entrevista coletiva

O ministro da Economia, Paulo Guedes, discutiu com sindicalistas nesta quinta-feira (12) após ser interrompido enquanto concedia uma entrevista coletiva ao lado do novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida. Na conversa com jornalistas, Guedes falava da elaboração de estudos para privatização da Petrobras e da Pré-Sal Petróleo S.A (PPSA), conhecida como a estatal do pré-sal.

A discussão começou enquanto Guedes falava que o governo sempre respeitou os vencedores de eleições. Nesse momento, um sindicalista gritou: “Não, vocês não respeitam nosso povo”. Na sequência, o ministro disse então que não queria falar de “quem roubou a Petrobras”.

– Eu não quero falar de quem roubou a Petrobras, assaltou a Petrobras. Durante anos, roubaram, foram condenados, eu não quero falar isso. Eu quero simplesmente receber como um programa de governo que teve 60 milhões de votos, receber aqui um pedido do novo ministro de Minas e Energia e encaminhar o processo – declarou.

Após a fala do ministro, o sindicalista respondeu: “Destruir o patrimônio do povo brasileiro, ministro”. Guedes, porém, rebateu a declaração e afirmou que o governo vai “devolver ao povo brasileiro o que é deles”. Após essa fala, o chefe da pasta econômica encerrou a entrevista coletiva e deixou o local.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.