Começa a ser testada em humanos a vacina contra HIV

O ensaio clínico está em fase 1 e é realizado nos Estados Unidos, com a participação de 56 voluntários.

A farmacêutica Moderna anunciou na quinta-feira 27 que iniciou os testes em humanos para uma vacina contra o HIV.

O ensaio clínico está em fase 1 e é realizado nos Estados Unidos, com a participação de 56 voluntários saudáveis que são HIV negativos.

As primeiras pessoas do grupo de voluntários já começaram a receber suas doses na Escola de Medicina e Ciências da Saúde da Universidade George Washington, na capital americana.

A nova vacina usa mRNA, ou RNA mensageiro, que ensina as células do corpo a produzir proteínas que desencadeiam respostas imunes. Trata-se da mesma tecnologia utilizada na vacina contra a covid-19 da Moderna.

O imunizante contra o HIV é desenvolvido em parceria com a Iniciativa Internacional pela Vacina da Aids (IAVI).

“Estamos tremendamente entusiasmados por avançar nesta nova direção no projeto de vacinas contra o HIV com a plataforma de mRNA da Moderna”, disse Mark Feinberg, presidente e CEO da IAVI, em um comunicado.

HIV foi descoberto há quarenta anos

Descoberto na década de 1980, o HIV ainda é um desafio para a ciência por causa de suas constantes mutações e, até hoje, ainda não há uma vacina eficaz contra este agente infeccioso.

Um dos maiores desafios para o desenvolvimento de um imunizante é o fato de que o vírus se integra ao genoma humano rapidamente. Isso ocorre em até 72h e, a partir de então, a infecção é irreversível.

Cerca de 38 milhões de pessoas em todo o mundo têm o HIV, que pode levar à AIDS.

“A busca por uma vacina contra o HIV tem sido longa e desafiadora, e ter novas ferramentas em termos de imunógenos e plataformas pode ser a chave para fazer progressos rápidos em direção a uma vacina eficaz e urgentemente necessária”, acrescentou Feinberg.

POR: TERRA BRASIL NOTÍCIAS

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.