Bolsonaro nega ter pedido ajuda a Biden contra Lula nas eleições

Em entrevista à rádio CBN de Recife, presidente chamou notícias do tipo de “especulação”

Nesta segunda-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro falou sobre o encontro que teve com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. Ele comentou uma suposta polêmica a respeito de um pedido de ajuda ao americano nas eleições. Em entrevista à rádio CBN Recife, Bolsonaro disse que “não existe isso” e que os assuntos tratados na conversa são reservados.

Segundo a agência de notícias Bloomberg, o presidente brasileiro teria pedido ajuda a Biden para derrotar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições deste ano. A solicitação teria ocorrido durante o encontro entre Bolsonaro e o presidente dos EUA na última quinta (9).

Ao comentar a reunião, Bolsonaro chamou a notícia de “especulação” e disse que o jornal não cita fontes.

– Olha, não existe isso daí. Teve uma reunião que chama bilateral ampliada, no total umas 20 pessoas presentes, foram 30 minutos de conversa e depois pedimos uma reservada com o Joe Biden. Nessa reservada, tinha eu, o ministro Carlos França, do Brasil, nosso embaixador; do lado do Biden, tinha o embaixador dele e uma intérprete. O que nós tratamos ali é reservado. Cada um pode falar o que bem entender. Agora, não citam fontes. “Segundo tal pessoa…”. O que eu conversei com o Biden não sai de mim e não sai do Carlos França. É especulação – destacou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.