Aras envia ao TCU dados sobre diárias de procuradores da Lava Jato

O procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras, enviou ao Tribunal de Contas da União (TCU) novos dados de procuradores que atuaram na Lava Jato em relação a recursos de diárias e viagens que receberam durante a força-tarefa.

O TCU informou que a documentação que tem sido recebida da PGR ainda precisa ser analisada e o tribunal não se pronuncia nesta fase processual.

Em novembro, o ministro da Corte, Bruno Dantas, determinou que os procuradores devolvessem os recursos. A tramitação do processo no TCU é bem longa. Agora os envolvidos serão ouvidos.

Após apresentação das justificativas, o caso irá a plenário em data a ser marcada para avaliar o caso.

A decisão de Dantas se deu em representação apresentada pelo procurador junto ao TCU, Lucas Furtado, que não é o procurador natural do caso.

Na semana passada, Furtado fez o mesmo numa decisão em que o ministro Bruno Dantas quer que a Alvarez & Marsal revele quanto pagou a Sergio Moro, na saída do ex-juiz da empresa, em outubro deste ano.

Créditos: Gazeta Brasil

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.